O que João sabe sobre Vanessa

Posted by in Uncategorized

0

João se apaixonou loucamente pela Vanessa.

Vanessa faz dança contemporânea, yoga e treina calistenia. Ela tem um metro e setenta e sete de altura, cabelos loiros compridos e pesa sessenta e sete quilos. Usa sutiã quarenta e dois, calças tamanho quarenta, blusas tamanho M dependendo da marca, pés trinta e nove e dezenove anos de idade. Não gosta de rock, prefere black music, rnb, hip hop americano e reggae. Não come carne, ama torta de queijo gorgonzola, chupa picolés feitos em casa todos os dias e tem mania de acordar durante a madrugada para tomar leite com açúcar.

João descobriu tudo isso porque estudou na mesma classe que ela desde a primeira série.

Vanessa acredita em vida após a morte, em troca de energias pelo toque, em karma e em alienígenas vivento entre nós. Ela gosta de pensar que falar sozinho nada mais é do que se comunicar com outra versão sua vivendo simultaneamente em outra dimensão. Gosta de acampar na praia e dormir pro lado de fora da barraca, alimenta cachorros de rua, adota gatinhos machucados até se tornarem independentes e acredita que aquários são gaiolas com água. É descendente de alemães e começou a aprender a falar alemão mês passado.

João sabe disso tudo porque foram conversando por seis horas para a viagem de formatura do colégio.

Vanessa dorme de meias e odeia usar sutiã, tem medo de ficar sozinha no escuro e costuma deixar a luz do banheiro acesa durante a noite. Assistiu nove vezes O Rei Leão, sua princesa Disney preferida é a Pocahontas e sempre teve medo da “Fera” quando era criança. Quando tinha quatorze anos fez teste para a televisão e foi eliminada por ser alta e desengonçada demais. Está curtindo o primeiro ano de arquitetura, mas preferia ter viajado um ano antes de começar a faculdade. Tem um trevo de cinco folhas tatuado na parte de dentro da coxa, perto da virilha, gosta de andar de mãos dadas com alguém e uma vez quase se afogou tentando aprender a surfar.

João descobriu tudo isso pescando pedaços de conversas nas festas de uns amigos em comum.

Vanessa fuma maconha escondida da mãe de vez em quando, gosta de assistir clipes de música velha, é fã de Power Rangers e esconde um caderninho de poemas debaixo do travesseiro. Seu número da sorte é o 4, é do signo de capricórnio com ascendente em gêmeos e sua cor preferida é roxo. Tem um pôster da Beyoncé colado na parte de dentro da porta do armário, não tirou carta de motorista porque morre de medo de atropelar alguém e guarda, no fundo da gaveta das meias, um vibrador azul anil que ela chama de Harry, em alusão ao Harry Potter e suas mágicas.

João soube isso com a melhor amiga da Vanessa, que contou “tudo” em troca de um trabalho de biologia.

Vanessa deu o primeiro beijo com doze anos e odiou. Há sete meses, mesmo morando em São Paulo, namora uma garota chamada Fernanda que mora em Botucatu e estuda medicina. Desde bem pequena ela já sabia que não sentia a menor atração por garotos e nunca mais teve dúvidas de que era lésbica a partir do dia em que descobriu que essa palavra existia. Ela beija meninas hétero “curiosas para saber como é” e acha isso muito engraçado, mas tem planos de se mudar e morar junto com a namorada assim que as duas se formarem.

Isso tudo o João não descobriu ainda, mas vai ser uma merda quando acontecer de ele ficar sabendo…

Essa é a vida, João! Você aguenta.

 

foto we are alive agency