Memórias Utópicas

A sua velocidade

Posted by in Uncategorized

3

Vivendo a toda velocidade, passando pelas coisas bonitas como se fossem meros postes de luz e nem percebendo que agora as lâmpadas da rua são brancas e não mais amarelas. Um, dois, três, quatro, cinco, dez, vinte, trinta mil anos luz à frente de todo nós e, ainda assim, sempre sem tempo, sempre em cima da hora, sempre “na correria”. Quem é que você persegue tanto? Quem é esse fugitivo invencível que não cansa, que não descansa, que não dorme nem para de correr em momento algum? Dezenas de músicas…read more

Por que não montar um escritório na praia?

Posted by in Uncategorized

0

O título desse texto é uma pergunta séria, apesar de soar um pouco utópica ou irônica. Estava conversando com a Laila, amiga e sócia, sobre como tem me assustado a situação em que se encontra a nossa economia. Não estávamos falando exatamente sobre economia, nem PIB, nem outra coisa profunda sobre as finanças do país, mas sim sobre como isso tudo afeta a nossa vontade de morar na praia. É que a gente da Geração Y (nascidos entre 1980 e meados dos anos 1990) tem um desejo voraz de criar…read more

ops, texto temporariamente sem imagem

Ninguém, nem nada

Posted by in Uncategorized

2

Esperava uma recepção calorosa, cheia de sorrisos, abraços apertados e conversas interessadas. Mas não, porque a volta pra casa é sempre solitária pra quem é sozinho. Não se tem alguém para encontrar em casa, não se tem para quem contar o dia, não se tem para quem pedir o último gole, ou levar um doce como desculpa por ter chegado tarde demais. Não teve recepção nem do cachorro, porque este não existia. Ninguém, nem nada. O lado ruim de beber, isentando qualquer preocupação com a saúde, é que beber nos…read more